Embalagens de Vidro para Alimentos e Bebidas

Propriedades e Requisitos de Qualidade apresenta de maneira objetiva e sistematizada as informações relativas ao processo de produção, às propriedades, requisitos de qualidade e principais tipos de sistemas de fechamento empregados em embalagens de vidro destinadas ao mercado de produtos alimentícios. São abordados os aspectos de natureza física, química e dimensional das embalagens de vidro, os requisitos de qualidade relacionados ao desempenho mecânico associado ao tipo de processamento empregado e/ou à característica intrínseca do próprio produto alimentício e as características técnicas e de desempenho dos principais tipos de sistemas de fechamento. Todos os temas são apresentados de forma didática com base no aspecto teórico, nos conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de pesquisa e desenvolvimento do CETEA e nos requisitos e especificações padronizadas em normas nacionais e internacionais, visando proporcionar a compreensão dos profissionais envolvidos com o assunto.

Cód. ADI-009

Todos os Associados do CETEA têm desconto de 20% sobre o valor mencionado.

Conteúdo

Capítulo 1 - O VIDRO - NATUREZA E ESTRUTURA, COMPOSIÇÃO, PROPRIEDADES E PROCESSO DE FABRICAÇÃO

1.1 HISTÓRICO DO VIDRO

1.2 NATUREZA E ESTRUTURA DO VIDRO

1.3 TIPOS DE VIDRO

1.3.1 Sílica vítrea

1.3.2 Silicatos alcalinos

1.3.3 Vidro sodo-cálcico ou sílico-sodo-cálcico

1.3.4 Vidro borossilicato

1.3.5 Vidro ao chumbo

1.3.6 Vidro temperado

1.4 COMPOSIÇÃO DO VIDRO DE EMBALAGEM E PRINCIPAIS MATÉRIAS-PRIMAS

1.4.1 Areia

1.4.2 Calcário

1.4.3 Dolomita

1.4.4 Feldspato

1.4.5 Alumina calcinada

1.4.6 Barrilha

1.4.7 Lixívia de soda cáustica e fonte de óxido de boro (B2O3)

1.4.8 Afinantes

1.4.9 Corantes ou descorantes

1.4.10 Vidro reciclado

1.5 PROPRIEDADES DO VIDRO

1.5.1 Viscosidade

1.5.2 Densidade

1.5.3 Propriedades químicas

1.5.4 Propriedades óticas

1.5.5 Dureza

1.5.6 Propriedades mecânicas e térmicas

1.5.7 Legislação de embalagens de vidro

1.6 PRODUÇÃO DE EMBALAGENS DE VIDRO

1.6.1 Descrição geral do processo

1.6.2 Preparação da composição

1.6.3 Processo de elaboração do vidro

1.6.4 Processo de fabricação da embalagem de vidro

1.6.5 Processo Soprado-Soprado (Blow-and-Blow)

1.6.6 Processo Prensado-Soprado (Press-and-Blow)

1.6.7 Processo NNPB - Narrow Neck Press and Blow

1.6.8 Recozimento

1.6.9 Tratamentos superficiais

1.6.10 ACL – Applied Ceramic Label (decoração/rótulo cerâmico)

1.6.11 Inspeção em linha

1.7 PRINCIPAIS TIPOS E CARACTERÍSTICAS DAS EMBALAGENS DE VIDRO

Capítulo 2 - PROCEDIMENTOS DE AMOSTRAGEM

2.1 PROCEDIMENTOS

2.2.1 Segundo a norma ASTM C 224-78 (1994)

2.2.2 Segundo a norma ABNT NBR 5426 (1985)

2.2.3 Segundo a norma ABNT NBR 14910 (2002)

Capítulo 3 - CARACTERIZAÇÃO DIMENSIONAL DE EMBALAGENS DE VIDRO

3.1 AVALIAÇÃO DIMENSIONAL

3.1.1 Material e Método

a) Altura total

b) Verticalidade e paralelismo

c) Diâmetro e ovalização

d) Abaulamento (planicidade)

3.2 PESO (MASSA) E CAPACIDADE VOLUMÉTRICA ÚTIL E TOTAL

3.2.1 Material e Método

3.3 DISTRIBUIÇÃO DE ESPESSURA

3.3.1 Material e Método

Método A - Ensaio destrutivo

Método B - Ensaio não-destrutivo

3.4 AVALIAÇÃO DIMENSIONAL DA TERMINAÇÃO

3.4.1 Material e Método

Capítulo 4 - CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE EMBALAGENS DE VIDRO

4.1 IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO VISUAL DE NÃO-CONFORMIDADES

Classe I

Classe II

Classe III

Classe IV

4.1.1 Material e Método

4.2 GRAU DE RECOZIMENTO (TENSÕES RESIDUAIS)

4.2.1 Material e Método

4.3 TRATAMENTOS SUPERFICIAIS

4.3.1 Material e Método

4.4 TRANSMISSÃO DE LUZ E DETERMINAÇÃO DE COR

4.4.1 Material e Método

Capítulo 5 - PROPRIEDADES MECÂNICAS E TÉRMICAS

5.1 PROPRIEDADES MECÂNICAS

5.2 FADIGA DO VIDRO

5.3 SIMULAÇÃO DE LINHA (ABRASÃO SUPERFICIAL)

5.3.1 Material e Método

5.4 RESISTÊNCIA À PRESSÃO INTERNA

5.4.1 Material e Método

5.5 RESISTÊNCIA À CARGA VERTICAL (ESFORÇOS DE COMPRESSÃO OU TOP LOAD) E HORIZONTAL

5.5.1 Material e Método

5.6 RESISTÊNCIA AO IMPACTO

5.6.1 Material e Método

5.7 RESISTÊNCIA AO CHOQUE TÉRMICO

5.7.1 Propriedades térmicas

5.7.2 Material e Método

Capítulo 6 - SISTEMAS DE FECHAMENTO PARA EMBALAGENS DE VIDRO

6.1 PRINCIPAIS TIPOS DE FECHAMENTO PARA ALIMENTOS E BEBIDAS

6.1.1 Tampas metálicas para produtos termoprocessados (fechamento sob vácuo)

6.1.2 Tampas plásticas para produtos alimentícios não processados termicamente

6.1.3 Tampas para produtos líquidos (carbonatados ou não-carbonatados)

6.2 AVALIAÇÃO VISUAL DE TAMPAS TWIST-OFF E PT (Press-on Twist-off)

6.2.1 Material e Método

6.3 AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE TAMPAS “GARRA-TORÇÃO”

6.3.1 Material e Método

6.4 TORQUE DE FECHAMENTO E DE ABERTURA DE TAMPAS ROSQUEÁVEIS

6.4.1 Material e Método

6.5 DETERMINAÇÃO DO VÁCUO

6.5.1 Material e Método

6.6 AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DE SISTEMAS DE FECHAMENTO

6.6.1 Material e Método

6.7 DETERMINAÇÃO DO TEOR E PERDA DE GÁS CARBÔNICO EM BEBIDAS CARBONATADAS

6.7.1 Material e Método

6.8 TAXA DE TRANSMISSÃO DE OXIGÊNIO (TPO2)

6.8.1 Material e Método

6.9 TAXA DE TRANSMISSÃO DE VAPOR D’ÁGUA (TPVA)

6.9.1 Material e Método

6.10 AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE TRANSFERÊNCIA DE SABOR DE TAMPAS PARA BEBIDAS

6.10.1 Material e Método

6.11 PRINCIPAIS ENSAIOS DE MATERIAIS PARA TAMPAS METÁLICAS E PLÁSTICAS


Para aquisição, por favor, entre em contato

FONE
+55 19 3743-1937

FAX
+55 19 3241-8445

CORREIO
ADI / CETEA / ITAL
Av. Brasil, 2.880
CEP: 13.070-178
Campinas - SP
Brasil

ITAL - Instituto de Tecnologia de Alimentos | Av. Brasil, 2880, Campinas, SP - CEP 13070-178 - Caixa Postal 139 | Tel: 19 3743 1700 / Fax: 19 3743 1799 ital@ital.sp.gov.br