Embalagens Plásticas Flexíveis: Principais Polímeros e Avaliação de Propriedades

Totalmente escrito pela equipe técnica do CETEA, o livro aborda os principais polímeros e aditivos utilizados em filmes e embalagens flexíveis; adesivos para coextrusão e laminação; questões ambientais aplicáveis ao desenvolvimento de embalagens flexíveis; tipos, formatos e terminologia; conceitos fundamentais em metrologia; procedimentos de amostragem; caracterização física e dimensional; caracterização química, térmica e reológicas; Propriedades mecânicas; propriedades de barreira; integridade do sistema de fechamento; rótulos autoadesivos e interação entre embalagem e produto: legislação e alteração sensorial.

Cód. ADI-023
Data: 2017
Nº de páginas: 432 p.
ISBN: 978-85-7029-140-0

Associados ao CETEA - R$ 126,00 - (até dezembro de 2017)
Não associados ao CETEA - R$ 162,00  - (até dezembro de 2017)
Preço normal do livro - R$ 180,00 - (a partir de janeiro de 2018)

Conteúdo

1. Materiais Plásticos para Embalagens Flexíveis

1.1 Conceitos Básicos sobre Polímeros
1.1.1 Estrutura química e molecular
1.1.2 Massa molecular
1.1.3 Densidade
1.1.4 Cristalinidade
1.1.5 Transições Físicas
1.2 Polietilenos – PE
1.3 Copolímeros de Etileno e Acetato de Vinila – EVA
1.4 Copolímeros de Etileno e Ácidos Acrílicos – EAA, EAMA e EEAA
1.5 Ionômeros
1.6 Poliolefinas Modificadas com Anidrido Maleico – PE-MAH
1.7 Copolímeros de Etileno e Álcool Vinílico – EVOH e Poli(álcool vinílico) – PVOH
1.8 Polipropileno – PP
1.9 Poliestireno – PS
1.10 Poli(cloreto de vinila) – PVC
1.11 Copolímeros de Cloreto de Vinilideno – PVDC
1.12 Poli(tereftalato de etileno) – PET
1.13 Poliamidas – PA
1.14 Biopolímeros
1.14.1 Polímeros extraídos diretamente da biomassa
1.14.2 Polímeros produzidos por síntese química convencional usando monômeros de fonte renovável
1.14.3 Polímeros produzidos por fermentação microbiana
1.15 Outros Materiais
1.16 Metalização com Materiais Inorgânicos

2. Aditivos para Embalagens Plásticas Flexíveis

2.1 Antioxidantes
2.2 Estabilizantes Térmicos
2.3 Estabilizantes à Luz Ultravioleta
2.4 Deslizantes
2.5 Lubrificantes
2.6 Plastificantes
2.7 Aditivos Antibloqueio
2.8 Aditivos Antiestáticos
2.9 Aditivos Antiembaçantes – Antifogging
2.10 Pigmentos e Corantes

3. Adesivos para Embalagens Flexíveis

3.1 Forças Adesivas e Coesivas
3.1.1 Adesão
3.1.2 Coesão
3.2 Tipos de Adesivos
3.2.1 Adesivos reativos
3.2.2 Adesivos hot melt
3.2.3 Adesivos à base de água
3.2.4 Adesivos sensíveis à pressão
3.2.5 Adesivos de selagem a frio (cold seal)
3.2.6 Resinas adesivas para coextrusão (adesivos de coextrusão)

4. Questões Ambientais Aplicáveis ao Desenvolvimento de Embalagens Flexíveis

4.1 Otimizando a Função
4.2 Aperfeiçoando a Cadeia Produtiva da Embalagem
4.3 Gestão do Resíduo no Pós-Consumo

5. Tipos, Formatos e Terminologia

5.1 Tipos de Filmes e Embalagens Plásticas Flexíveis
5.1.1 Tipos de filmes plásticos
5.1.2 Tipos de embalagens plásticas flexíveis
5.2 Terminologia

6. Metrologia

6.1 Conceitos Fundamentais
6.2 Confiabilidade Metrológica
6.3 Variação do Processo de Medição
6.4 Certificados de Calibração

7. Procedimentos de Amostragem

7.1 Procedimento

8. Caracterização Física e Dimensional

8.1 Avaliação Visual
8.2 Dimensões
8.3 Densidade
8.3.1 Gradiente de densidade
8.3.2 Deslocamento
8.4 Gramatura
8.5 Espessura
8.5.1 Determinação da espessura por varredura mecânica
8.5.2 Determinação da espessura por microscopia óptica
8.6 Espessura da Camada de Metalização por Densidade Óptica
8.7 Propriedades Superficiais
8.7.1 Microscopia eletrônica de varredura
8.7.2 Tensão de umectação
8.7.3 Coeficientes de atrito
8.8 Propriedades de Encolhimento
8.8.1 Determinação do encolhimento com o ar como meio de aquecimento
8.8.2 Determinação do encolhimento com um líquido como meio de aquecimento

9. Caracterização Química, Térmica e Reológica

9.1 Identificação por Métodos Subjetivos
9.1.1 Método A – Características de queima
9.1.2 Método B – Características de rasgamento
9.1.3 Método C – Características de solubilidade
9.1.4 Método D – Ensaio de Beilstein
9.1.5 Método E – Identificação de celofane
9.1.6 Método F – Identificação de revestimento de PVDC
9.1.7 Método G – Identificação de revestimento de nitrocelulose
9.2 Identificação por Espectroscopia no Infravermelho
9.3 Teor de Acetato de Vinila em EVA
9.4 Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC)
9.4.1 Fluxo de calor
9.4.2 Compensação de potência
9.4.3 Conceitos básicos da Calorimetria Exploratória Diferencial
9.4.4 Determinação das transições e do calor de fusão e de cristalização
9.5 Índice de Fluidez
9.6 Antioxidantes e Deslizantes
9.7 Plastificantes
9.7.1 Método A – Screening de plastificantes
9.7.2 Método B – Determinação de adipatos e ftalatos
9.7.3 Método C – Confirmação da ausência de ftalatos
9.8 Resistência Química
9.8.1 Método A – Alterações de massa e dimensões
9.8.2 Método B – Alterações nas propriedades mecânicas
9.8.3 Método C – Resistência de filmes à extração por produtos químicos
9.8.4 Método D – Resistência relativa de filmes impressos a reagentes líquidos

10. Propriedades Mecânicas

10.1 Propriedades de Tração
10.2 Resistência à Delaminação
10.3 Força de Adesão da Metalização
10.4 Resistência à Propagação do Rasgo
10.4.1 Método Elmendorf
10.4.2 Método utilizando máquina universal de ensaios
10.5 Resistência ao Impacto do Dardo em Queda Livre
10.5.1 Método A – Filmes com resistência entre 50 g e 6 kg
10.5.2 Método B – Filmes com resistência entre 300 g e 6 kg
10.6 Resistência à Perfuração de Filmes Barreira
10.7 Resistência à Perfuração de Filmes Esticáveis
10.8 Blocking
10.9 Resistência da Termossoldagem à Tração
10.10 Curva de Selagem
10.11 Hot Tack – Resistência da Termossoldagem a Quente
10.12 Resistência à Pressão Interna
10.12.1 Método pneumático
10.12.2 Método hidrostático
10.13 Resistência ao Impacto por Queda Livre
10.13.1 Método A – Altura e posição de impacto fixas
10.13.2 Método B – Altura fixa e posição de impacto alternada
10.13.3 Método C – Altura variável (up and down)

11. Propriedades de Barreira

11.1 Conceitos Básicos de Permeabilidade
11.1.1 Introdução
11.1.2 Fatores que afetam a permeabilidade
11.2 Permeabilidade ao Vapor D’água
11.2.1 Taxa de permeabilidade ao vapor d’água por método gravimétrico
11.2.2 Taxa de permeabilidade ao vapor d’água por equipamento com sensor infravermelho
11.3 Permeabilidade a Gases
11.3.1 Taxa de permeabilidade ao oxigênio determinada por equipamento com sensor coulométrico
11.3.2 Taxa de permeabilidade a gases determinada por método de aumento da concentração
11.4 Permeabilidade a Vapores Orgânicos
11.5 Volume e Composição de Gases do Espaço-livre de Embalagens
11.5.1 Volume de gases no espaço-livre de embalagens
11.5.2 Composição gasosa do espaço-livre de embalagens
11.6 Transmissão de Luz
11.7 Permeação de Óleos e Gorduras

12. Integridade do Sistema de Fechamento

12.1 Método Eletrolítico
12.2 Método de Penetração de Solução Colorida
12.2.1 Embalagem de material não poroso
12.2.2 Embalagem flexível composta de material poroso (nãotecido)
12.3 Método de Emissão de Bolhas
12.3.1 Método da câmara de vácuo
12.3.2 Método da pressão interna
12.4 Método de Detecção de Gás Hélio por Espectrometria de Massa

13. Rótulos Autoadesivos

13.1 Gramatura do Adesivo
13.2 Estabilidade Dimensional
13.3 Aderência da Tinta de Impressão
13.4 Resistência da Adesão a 180°
13.5 Resistência ao Deslizamento
13.6 Resistência da Adesão na Forma de Loop

14. Interação entre Embalagem e Produto: Legislação e Alteração Sensorial

14.1 Legislação para Embalagem de Alimentos
14.1.1 Introdução
14.1.2 Legislação MERCOSUL para embalagem de alimentos
14.1.3 Listas Positivas
14.1.4 Ensaios de migração total e específica
14.1.5 Critérios de pureza de pigmentos e corantes
14.1.6 PET reciclado pós-consumo para contato com alimentos
14.1.7 Boas Práticas de Fabricação (BPF) e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC)
14.2 Potencial de Alteração Sensorial de Alimentos
14.2.1 Análise instrumental: solventes residuais e odor estranho em embalagens plásticas
14.2.2 Avaliação sensorial

 


Para aquisição, por favor, entre em contato

FONE
+55 19 3743-1937

SOLICITAR PUBLICAÇÃO
Formulário de solicitação

ITAL - Instituto de Tecnologia de Alimentos | Av. Brasil, 2880, Campinas, SP - CEP 13070-178 - Caixa Postal 139 | Tel: 19 3743 1700 / Fax: 19 3743 1799 ital@ital.sp.gov.br